Pantanal: Na hora de parir, Juma mata pela 1ª vez 

Mocinha de Pantanal, Juma (Alanis Guillen) vai cometer um assassinato pela primeira vez. A jovem vai virar onça para matar Solano (Rafa Sieg), que dará fim à vida de Roberto (Cauê Campos). O pistoleiro contratado por Tenório (Murilo Benício) será encurralado, degolado e destroçado pela mulher-onça, que arrastará o corpo do bandido até o rio para jogá-lo para as piranhas na novela das nove da Globo. 

Depois de levantar suspeitas da família de Tenório e de José Leôncio (Marcos Palmeira), Solano vai sugerir ao patrão que ele diga a todos que o demitiu. Dessa forma, ele se esconderá para cumprir o acordo de matar o fazendeiro, Maria (Isabel Teixeira) e Alcides (Juliano Cazarré). 

Encurralado, o pistoleiro começará a morar na tapera de Juma –que, a essa altura, estará vazia. Lá, ele vai receber uma visita do Velho do Rio (Osmar Prado). Os dois irão discutir em uma cena horripilante, e Solano acertará um tiro certeiro nas costas da entidade, que desabará no chão. 

Quando o bandido se aproximar para dar o tiro fatal, ele não verá o corpo do Velho do Rio caído. O corpo terá desaparecido, e ele se apavorará. Não haverá sequer vestígios de que ele esteve por lá. 

Dois meses se passarão e ninguém saberá o paradeiro de Solano, que estará sumido. Prestes a parir, Juma decidirá voltar à tapera para ter a sua filha por lá. Ao chegar à casa, ela dará de cara com o matador, que estará dando mostras da loucura a qual foi acometido durante esses meses terá passado “preso” ali, recluso. 

Os dois irão se enfrentar, e Solano ameaçará matar Juma e sua filha. Ele trancará a porta e as janelas da tapera, e eles ouvirão esturros vindos do lado de fora. O telespectador descobrirá que se tratará do Velho do Rio, dando força para a sua protegida. 

Solano, então, vai se deparar com uma onça no lugar de Juma, dando a entender que ela se transformou no animal. Do lado de fora, o Velho do Rio ouvirá os rugidos da Marruá entrecortados pelos berros de desespero e terror do bandido. 

No dia seguinte, Muda (Bella Campos) desembarcará atrás a amiga lá, e Tibério (Guito) arrastará o barco até a areia. Quando o casal for seguir para a tapera, Juma surgirá arrastando o cadáver de Solano enrolado em panos até o rio. Ela estará arfando e toda suja por conta do dia anterior. “Sua imagem é chocante, mas não pode ser nojenta ou asquerosa”, escreveu o autor Bruno Luperi no roteiro. 

“Foi bulî onde num deve… E uma onça pego”, explicará a gestante, dizendo que vai jogar o corpo no rio: “Jogá pras piranha… Já que a onça num quis comê o infeliz!”. “Ocê tá é besta?”, vai se chocar Tibério. “Se tá c’o pena: dá cabo desse mardito ocê!”, responderá Juma, que largará o corpo, dará meia-volta e sairá. 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s