Em Além da Ilusão, Úrsula mata Abel e faz Joaquim sumir com corpo: ‘Sangue-frio’

Após ter roubado Joaquim (Danilo Mesquita) quando bebê, Úrsula (Bárbara Paz) vai mostrar que é capaz de tudo na reta final de Além da Ilusão. A golpista vai matar Abel (Adriano Petermann) com um tiro à queima-roupa na novela das seis da Globo. Ela ainda mandará o filho sumir com o corpo: “Sangue-frio”, pedirá a assassina.

O operário começará a chantagear Úrsula em troca do silêncio sobre o caso deles. Joaquim ouvirá a conversa e ficará chocado ao descobrir que a mãe transou com Abel. “Sem julgamentos. Eu precisava engravidar de qualquer jeito. Mas nem pra isso esse demônio serviu. E agora ele está ameaçando contar tudo pro seu padrinho”, falará a megera, referindo-se a Eugênio (Marcello Novaes).

Sem dinheiro, Joaquim roubará a fortuna que Enrico (Marcos Veras) faturou com golpes no cassino. O malandro será  preso e pedirá que o comparsa pegue a grana que ele deixou escondida para pagar um bom advogado. “Sinto muito, mas ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão“, dirá o almofadinha.

Ao chegar em casa, ele mostrará a bufunfa para Úrsula. Nesse momento, Abel aparecerá: “Na mosca!! Cheguei na hora do pagamento!”. O operário vai pegar a mala, mas Joaquim se antecipará e a pegará antes. Em um gesto rápido, o tecelão sacará uma faca e pegará Úrsula como refém. O administrador puxará uma arma e ameaçará o amante da mãe.

A ex-governanta pedirá que ele não atire. Joaquim bufará, colocará o revólver na mesa, estenderá a mala, mas a deixará cair no chão de propósito. Abel se adiantará para pegar a maleta. Úrsula se desvencilhará, pegará a arma e atirará em cheio no coração do malandro, que cairá morto.

Rastro de sangue 

“Virgem Santa! O que eu fiz?”, soltará a assassina, caindo em si. “Você matou o homem”, responderá Joaquim. Os dois ficarão em choque, mas Úrsula terá uma ideia: “Ninguém vai ser preso, está me ouvindo? Agora ponha-se em brios que precisamos ter sangue-frio! Pega ele pelos ombros que eu pego pelos pés. Vamos colocar o corpo no carro e desovar em algum matagal. Anda, é pra já!”.

Joaquim vai respirar fundo e eles começarão a arrastar o corpo, mas estará sangrando, manchando o tapete. Eles, então, vão enrolar o cadáver de Abel no tapete. Sem perceber, uma das abotoaduras de Joaquim cairá dentro da roupa do morto. Alguns pingos de sangue cairão por ali. A manga da camisa do filho da assassina acabará sujando também de sangue, mas eles não perceberão. Ela dará ordens ao herdeiro:

Escuta bem o que você vai fazer, Joaquim. Vai dirigir pra bem longe da cidade, na direção da fazenda do coronel Aristides. Depois que acabam as terras dele, começa uma mata virgem, por onde quase ninguém se aventura. Deixa o corpo lá. E depois se livra do tapete também.

Ao voltar para o casarão, Joaquim vai tirar a calça, a abotoadura que ainda resta e colocará em cima da pia. Quando for tirar a do outro punho, perderá as
forças nas pernas e se agachará no chão, chorando. Ele não chegará a perceber que perdeu a outra abotoadura.

“Pode chorar à vontade. Isso foi muito duro pra você, eu sei. Tem um bom coração. Por isso, fiquei tão preocupada todas as vezes que falou em matar o Rafael [Rafael Vitti]”, o acalmará Úrsula. “Você não sente um pingo de culpa pelo que fez?”, perguntará o jovem.

“Claro que sim. Mas aquele sujeito nos acuou, Joaquim. Era ele ou nós. Agora vem, vamos terminar de tirar essa camisa. Eu te ajudo”, dirá a megera. Úrsula o ajudará a tirar a camisa e colocará o filho no banho feito um bebê. 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s