Pantanal: Após greve de sexo, Muda faz cena de filme pornô para Tibério

Tal qual o cramulhão de Trindade (Gabriel Sater), Muda (Bella Campos) vai atentar o juízo de Tibério (Guito) em Pantanal. Após atormentar o noivo exigindo que ele mate Tenório (Murilo Benício) por causa de sua vingança, a jovem não vai transar com o marido depois do casamento na novela das nove da Globo. Quando estiver prestes a perdê-lo, a empregada vai mudar de ideia protagonizará uma cena pornográfica em sua primeira vez com o peão.

A greve de sexo de Muda, aliás, vai virar uma lenga-lenga com várias sequências entediantes durante alguns capítulos. Ela se recusará a consumar o casamento alegando que, apesar de gostar e querer o marido, não consegue se entregar: “Eu te quero… Te quero demais… Mais, quâno chega na hora, eu fico com medo”.

Tibério passará a perambular pela fazenda de José Leôncio (Marcos Palmeira), triste, sem ânimo para nada. Muda vai sugerir que eles anulem o casamento. “Aos olhos de Deus é como se num tivesse acontecido nada”, explicará a mulher.

Sofrida, a amiga de Juma (Alanis Guillen) se abrirá com Filó (Dira Paes) e dirá que acha não merece um homem como Tibério e que, na verdade, merecia estar com alguém como Levi (Leandro Lima). A ex-prostituta dará um chacoalhão na assistente com um discurso sobre sua baixa estima:

Ocê teve a sorte d’um home bão no seu caminho, compreensivo… Amoroso… Mínimo que ocê merece é um home bão do seu lado… Ou, então, ele num tava lá. Nóis, mulhé, sômo talhada pra amá e serví um home, independente do traste que . Isso é uma coisa tão forte que, quâno aparece um home que presta no nosso caminho, nóis se sente até abençoada… Sentîmo como se nóis nunca fosse  o bastante pra eles… Como se um home nos tratá c’o respeito e dignidade num fosse o mínimo da sua obrigação.

Muda olhará fixamente as alianças que José Leôncio trouxe benzidas pelo padre, refletindo profundamente sobre o que Filó terá dito. Em seguida, ela entrará no quarto no momento em que Tibério estará arrumando suas malas para ir embora da fazenda.

“Eu num quero guardá mágoa nem ressentimento d’ocê, Rute. Eu só quero de vorta a aliança que te dei e esquecê o dia em que te conheci”, dirá o violeiro, que irá até Muda com a mão estendida. “Se ocê faz tanta questão dessa aliança assim, pode pegá“, responderá a garota.

Muda fica completamente nua

Muda, então, vai tirar as alças do vestido, deixando-o escorrer pelo corpo até o chão, revelando no centro do peito as duas alianças, presas à sua correntinha. O olhar de Tibério ficará preso no corpo da mulher à sua frente, que terá apenas os dois anéis presos entre os seios dela.

Ele pedirá que ela se vista. “Depois que ocê pegá sua aliança de volta”, dirá a personagem de Bella Campos, decidida a transar com o marido. “Nunca que eu faria uma bestêra dessas”, responderá o peão sobre se valer de uma situação como aquela.

Muda falará que ela que fez besteira e quer ficar com ele: “Eu quero uma vida nova, Tibério… Uma vida nova mais ocê do meu lado. Eu te quero, Tibério… Eu te quero muito… Te quero como nunca quis nada nessa vida”.

Ocê é tudo que eu mais quero nessa vida, Rute!”, vai se declarar o peão. Os dois se beijarão e cairão na cama, onde a jovem vai tirar a roupa de
Tibério e se libertará, pouco a pouco, das amarras que pôs em seu coração.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s