Antes de morrer em Cara e Coragem, Samuel enlouquece: ‘Vendo fantasma’

Samuel (Alejandro Claveaux) terá uma morte trágica em Cara e Coragem. Mas antes ele temerá ter enlouquecido ao se deparar com Anita (Taís Araujo). Crente de que a sósia é Clarice (Taís Araujo), o pescador passará a segui-la desesperadamente na novela das sete da Globo. Segundo o intérprete do apaixonado, ele achará que estará “vendo fantasma”.

“Ele começa a achar que está ficando louco, que está vendo fantasma. Ele fica bastante abalado, sem saber se ele está vendo o rosto da Clarice em outras pessoas”, adianta Claveaux em entrevista ao Notícias da TV

No folhetim, o irmão de Ângelo (João Campos) correrá atrás da massoterapeuta no meio da rua e acabará atropelado por Teca (Raquel Rocha). Ele até será encaminhado às pressas para um hospital, mas não resistirá aos ferimentos e morrerá.

O ator destaca que buscou trazer um estilo mais contido ao personagem, não apenas por causa da profissão dele, mas também para manter esse clima de mistério exigido pela narrativa.

“Samuel é um cara muito misterioso. Acho que pelo fato de ele ser um cara rústico, bruto, que trabalha com a pesca, que é ligado na lagoa. Acho que tem uma certa inocência”, define o artista. 

A gente teve uma preparação antes de começar a novela e escolhi esse lugar mais calado, contido, simples, para compor o Samuel. Eu não sabia que existia uma colônia de pescadores na Lagoa [Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro]. O lugar é muito lindo. Vi os pescadores e conversei com alguns deles. O tempo que eles têm é contemplativo, de analisar o tempo das águas. Tem esse tempo do contato que o personagem tem com a natureza.

Mudança de físico

A última novela de Claveaux foi Amor de Mãe (2019), em que vivia o personal trainer Tales. Na época de exibição da trama, o ator chegou a postar uma foto sem camisa, na qual dizia que se tratava de “Tales em seu figurino favorito”. Ou seja, era um papel que se aproveitava bastante do físico do ator.

Entretanto, ele destaca que, por estar agora na pele de um pescador, pegou mais leve na academia para se encaixar melhor no que acreditava serem as características do papel.

“Para o Tales eu frequentava bastante a academia, malhava bastante, porque ele era um personal trainer e eu queria que o personagem tivesse essa característica física. Já o Samuel, não. Como ele não é um cara que provavelmente vá para uma academia diariamente para manter esse físico, já que ele pesca na madrugada e dorme de dia, tentei acompanhar essa rotina para que as características também estivessem presentes”, declara.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s