Atriz de Cúmplices de Um Resgate expõe abuso infantil no SBT: ‘Dois pedófilos’

Duda Wendling, de 15 anos, acusou o SBT de encobrir casos de pedofilia nos bastidores de Cúmplices de Um Resgate (2015). Segundo a atriz, dois profissionais responsáveis por acompanhar os atores mirins nas gravações da novela teriam perfil de abuso infantil. Entre eles, estava o preparador de elenco Beto Silveira (1951-2022), conhecido por trabalhar com Larissa Manoela e Ana Paula Arósio. Procurada pelo Notícias da TV, a emissora de Silvio Santos disse que as declarações são “totalmente infundadas”.

Em entrevista ao canal BarbaCast, nesta quinta-feira (2), a intérprete de Dóris Jardim na trama relatou que, apesar de não ter sido vítima de abuso, os casos foram descobertos por sua mãe, Camila Wendling. De acordo com a atriz, Silveira, um dos acusados, costumava abusar de crianças em sua academia de atores: “Várias pessoas começaram a denunciar e ele foi preso”.

Duda afirmou que, em exercícios de preparação em que era necessário estar com os olhos fechados, Silveira teria aproveitado para tocar regiões íntimas de seus alunos. Após as primeiras gravações da novela, o profissional teria sido afastado, o que surpreendeu o elenco. “Dois dias depois, uma amiga da minha mãe mandou o processo [pelo crime de pedofilia] para ela e perguntou se ela tinha visto”, disse.

Após receber a informação, a mãe da atriz questionou membros da produção do SBT sobre a veracidade da notícia. No entanto, ela foi repreendida pela psicóloga da emissora. “Minha mãe soube e foi até a psicóloga perguntar se era verdade. Ela disse que não e que se minha mãe ficasse espalhando e apavorando outros pais, eu iria ser mandada embora da novela”, relembrou Duda. “É assunto proibido no SBT”, acrescentou. 

Segundo a atriz, o preparador de elenco Beto Silveira, que morreu no mês passado, estaria cumprindo prisão domiciliar pelo crime. Sem citar nomes, Duda disse ainda haver outro membro da equipe da novela com o mesmo histórico e que ele teria sido denunciado após realizar chamadas de vídeo com dois figurantes mirins –a polícia teria encontrado roupas de crianças em sua residência e o profissional teria sido preso em flagrante, acrescentou Duda.

Procurado pelo Notícias da TV, o SBT afirmou que as declarações da atriz são “totalmente infundadas” e reforçou que condena qualquer tipo de assédio e comportamento abusivo. “As situações retratadas que, supostamente envolvem a emissora, são totalmente infundadas. A emissora condena com severidade qualquer tipo de assédio e comportamento abusivo e mantém canais de denúncias voltados para seus colaboradores, e tomará as medidas cabíveis.”

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s