Karina Bacchi defende o direito de expor sua fé: ‘Mais forte que a gente’

A atriz e apresentadora Karina Bacchi, 45 anos, fez um desabafo durante a entrevista que realizou hoje, em seu podcast “Positivamente”, com a ex-jogadora de vôlei Paula Barros. Ela afirmou que, muitas vezes, sente-se reprimida em relação a expor os próprios pensamentos por temer o julgamento excessivo das pessoas. 

“Está difícil até a gente expor as nossas opiniões, mesmo que a gente não esteja falando contra outras pessoas ou outras escolhas. Quando a gente fala da nossa própria vida, da nossa própria escolha. Parece que nem isso a gente pode!”, reclamou Karina. 

“Se você está sorrindo muito, você tem preconceito com quem é banguela, né? ‘Ai, não sorri tanto, porque quem é banguela vai se sentir menor.’ Acho que, a partir do momento que a gente mantém o respeito, a gente tem que saber também se posicionar”, ponderou a loira. 

Evangélica, Karina também abordou a questão sobre o ponto de vista da fé religiosa. “Eu percebo que muitos cristãos às vezes estão se sentindo envergonhados, se sentindo desencorajados até a falar da sua fé. Porque, se você está falando da sua fé, é sinal de que você é contra o outro que não tem fé.” 

“A Palavra de Deus nos pede para que a gente se comunique e transmita a Palavra. Eu acho que quem tem a real conversão não consegue ficar de boca fechada, né? É natural, é mais forte do que a gente!”, considerou. 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s