Filho de Cid Moreira afirma que foi tirado de casa ao se declarar gay

Após protocolar pedido de prisão contra Cid Moreira na última quinta-feira (14/4), Roger Moreira quebrou o silêncio e enviou um forte relato à coluna. O filho adotivo do ex-âncora do Jornal Nacional afirma que foi tirado de casa e demitido das gravações da Bíblia assim que se assumiu homossexual.

“Quando um dia resolvi me declarar gay, aos 29, eu esperava receber o apoio em casa. No primeiro momento, parece que ficou tudo bem. Mas, pouco tempo depois, fui colocado pra fora de casa e demitido dos trabalhos da Bíblia. Eles tinham medo de como as pessoas iriam ver um gay gravando a Bíblia”, afirmou.

Além disso, Roger também alega que foi colocado para trabalhar durante várias horas ao dia nas gravações da Bíblia recebendo apenas R$ 300 de mesada: “Nunca dependi de nenhum centavo do Cid Moreira para sobreviver. Aliás, na maior parte da minha vida com ele, eu recebia uma mesada de R$ 300 que depois de muitos anos passou a ser R$ 1 mil. Nunca recebi nenhuma fortuna, como talvez possam pensar“.

O filho de Cid alega que era responsável por gravar, editar, mixar e masterizar as gravações. Roger Moreira afirma que chegou a fazer mais de 20 gravações da Bíblia a pedido do pai. Ao todo, foram mais de 17 gravações as quais participou durante os anos de convivência com Cid.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s