‘Pantanal’: Quem é Alanis Guillen, atriz que intepreta Juma na novela

No capítulo de ontem, “Pantanal” teve um avanço de 20 anos em sua história, trazendo novos personagens e atores ao remake global. Juma Marruá, filha de Maria Marruá (Juliana Paes) na trama, cresceu e agora é uma jovem mulher. Alanis Guillen é a responsável por dar vida à personagem que vai se apaixonar por Jove (Jesuíta Barbosa).

Mas quem é a atriz de 23 anos que assumiu papel de destaque em “Pantanal”?

Não é a primeira vez que Alanis está nas telinhas. Ela estreou como a protagonista de “Malhação – Toda Forma de Amar”, em 2019, dois anos depois de se formar em um curso de Teatro e migrado para o Rio a fim de mais oportunidades de trabalho

“Quando fui morar sozinha, decidi que precisava fazer um pouco por mim. Amo estar com meus pais, mas eu preciso fazer a minha vida acontecer por mim mesmo. Em um mês já me mudei. Você começa a adubar seu terreninho e de fato as coisas acontecem. Foi um renascimento”, disse à revista Marie Claire

Natural de Santo André, em São Paulo, Alanis nasceu em 1998. É filha de uma mãe arquiteta e um pai engenheiro e músico. Começou a carreira participando de campanhas com apenas 3 anos e já foi contratada por marcas como Nestlé, Marisa, Nextel e Mercado Livre.

Em “Pantanal”, seu segundo protagonismo na TV, ela assume papel que foi de Cristiana Oliveira na versão original de Benedito Ruy Barbosa, veiculada pela Manchete em 1990. Para interpretá-la, viajou ao Mato Grosso do Sul e teve contato direto com a natureza.

“A Juma vai ter sangue, ela pulsa. A Juma, para mim, ela é o Pantanal, ela é essa natureza viva. Vamos recontar essa história no Brasil de hoje, esse Pantanal de agora, para o brasileiro de hoje. Então realmente está sendo uma missão ali pra todo mundo assim. Eu estou realmente entregue e muito”, disse Alanis Guillen, em entrevista recente ao “Fantástico”, da TV Globo.

“Sou uma mulher múltipla”

Alanis chegou a dizer que era bissexual, mas em entrevista recente ao “Fantástico”, preferiu mudar a forma como se enxerga, revelando uma sexualidade “múltipla”, ou seja, se apaixonar por pessoas sem levar em conta o gênero.

“Hoje, sou uma mulher múltipla. Hoje, nem coloco mais se eu sou bi, o que eu sou. Eu me relaciono com pessoas. Se tem um coração que conecta com o meu, é com essa pessoa que eu vou me relacionar”, explicou.

Ainda enumerou o que gosta de fazer quando tem tempo livre. “Eu gosto muito de pintar, descobrir as cores. Gosto de ir para a natureza, gosto de viajar. Amo praia, cachoeira, amo sol”, contou.

Engajada nas redes

Nas redes sociais, Alanis ainda se engaja em assuntos como feminismo, proteção ao meio ambiente e direitos humanos. “Que tempos são estes, em que temos que defender o óbvio?”, escreveu ela em um post sobre a campanha “Vidas Negras Importam”, que joga luz ao racismo estrutural no país.

Ela não esconde seu posicionamento político e também já se colocou contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). “Ele nunca”, disse a jovem durante as campanhas eleitorais de 2018.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEW

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s