De estrategista a racista, Bárbara é eliminada do BBB 22 com forte rejeição

Em seu primeiro paredão, Bárbara Heck não conquistou o público e foi eliminada do BBB 22 (Globo) com alta rejeição nesta terça-feira (15). A modelo saiu com 86,02% dos votos do público e deixou a competição pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. Ela ganhou favoritismo no começo do jogo, mas ficou à beira do cancelamento após soltar uma frase racista sobre Douglas Silva. Atrás dela ficou Natália Deodato (9,03%) e Arthur Aguiar (4,95%). 

A modelo se destacou no início do reality ao romper com o estereótipo de “Barbie” e vencer a primeira prova de resistência da edição. Dupla de Laís Caldas, ela deu um show de controle emocional, motivou a parceira e venceu Lucas Bissoli e Luciano Estevan. 

A partir de então, a gaúcha só cresceu no jogo. Buscava se posicionar e era uma das poucas a mostrar que estava no jogo realmente em busca do prêmio. Nas festas, ela assumiu logo que era amiga do fim e ficava pouquíssimo tempo nas confraternizações do programa –às vezes até menos de uma hora. 

Ao longo do programa, o público pôde notar um comportamento estranho de Bárbara com a alimentação. Ela fazia jejum durante muitas horas, comia pouco ou nada e sempre se punia após comer e beber bastante nas festas. Apesar dos questionamentos sobre um suposto transtorno alimentar, a equipe da gaúcha afirmou que ela é saudável. 

A modelo venceu a terceira Prova do Anjo e deu o colar da imunidade para Laís, castigando Douglas Silva e Pedro Scooby com o monstro. Foi o pior castigo da temporada até agora. 

Bárbara começou a descer a ladeira quando ela e Laís se uniram a Jade Picon. A modelo saiu da Xepa, ganhou o VIP, passou a ser uma das prioridades da milionária e ganhou muito poder, mesmo sem ser líder. Aos poucos, a aliança da loira com Jade fez com que a visão do público sobre ela mudasse. De ponderada, passou a ser vista como manipuladora. 

Bárbara perdeu ainda mais pontos com os telespectadores ao quase declarar que Douglas fez o “samba do crioulo doido”, uma expressão racista, que é o título de uma música também preconceituosa. A pior parte foi que ela mesma confessou que a frase era racista e quase soltou por “força do hábito”. 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s