Snoop Dogg é acusado de agressão sexual antes de show no Super Bowl

Uma mulher acusa Snoop Dogg, cujo nome real é Calvin Cordozar Broadus Jr, de agressão sexual. Sob pseudônimo de Jane Doe, ela afirma que o rapper norte-americano a forçou a fazer sexo oral após um show na cidade de Anaheim, na Califórnia, em 2013. O processo foi aberto nesta quarta-feira (9) em um tribunal do estado dias antes de o artista se apresentar no intervalo do Super Bowl, a grande final do futebol americano.

De acordo com o site TMZ, que teve acesso ao processo, a mulher afirma que o sócio de Dogg, Bishop Don “Magic” Juan ofereceu uma carona para ela após o show. A modelo e dançarina teria adormecido no carro e sido levada para a casa de Bishop. Na ação, ela afirma que acordou às 4h e que Bishop “tirou seu pênis da calça e o forçou na minha boca.”

Jane Doe relata ainda que Bishop exigiu que ela fosse com ele ao estúdio de gravação onde estava Snoop Dogg. Ela diz que foi informada de que o rapper a contrataria para um papel em um programa de TV. Ao chegar ao estúdio, a modelo reclamou de dor de estômago e, quando estava no banheiro, Dogg teria entrado e a forçado a fazer sexo oral –ele se masturbou e ejaculou no peito e no pescoço dela.

No processo, segundo o site Independent, ela descreve que se sentiu humilhada, aterrorizada e em pânico. Diz ainda que Dogg não a contrataria porque ela “se recusou a fazer sexo oral de boa vontade e com entusiasmo”.

O TMZ afirma que Snoop teria negado toda a história e que não passava de um monte de mentiras. Em seu perfil no Instagram, o artista postou uma mensagem que, segundo a publicação, seria em referência ao processo: “Gold Digger”, que dentro do contexto poderia ser traduzido com interesseira.

Uma fonte teria dito ao site norte-americano que a mulher teria pedido US$ 10 milhões para não avançar com a ação judicial –o cantor teria recusado a oferta. Jane Doe processa Snoop Dogg por uma violação da Lei de Proteção às Vítimas de Tráfico, agressão e abuso sexual. Bishop também é citado.

No próximo domingo (13), Dogg será um dos protagonistas do espetáculo no intervalo do Super Bowl ao lado dos cantores Dr. Dre, Eminem, Mary J. Blige e Kendrick Lamar. A final será entre Los Angeles Rams e o Cincinnati Bengals, às 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo pela ESPN no Star+.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s