Após escândalos sexuais, Nego do Borel desiste de processo contra Duda Reis

Após se envolver em escândalos sexuais dentro e fora de A Fazenda 13, Nego do Borel desistiu de um processo por danos morais que movia contra Duda Reis, sua ex-noiva. O caso foi extinto pela Justiça do Rio de Janeiro a pedido da defesa do cantor, conforme sentença obtida pelo Notícias da TV. Acusado de estupro e agressão pela blogueira, ele pedia uma indenização de R$ 45 mil.

“Considerando-se que a parte ré [Duda Reis] ainda não foi citada na presente demanda, homologo, para que surta os devidos e legais efeitos, a desistência manifestada pela parte autora, julgando extinto o processo sem resolução de mérito”, diz documento assinado pelo juiz Mario Cunha Olinto Filho em 27 de janeiro.

A decisão também informa que não houve gastos com honorários a serem ressarcidos e solicita o arquivamento da ação: “Certificado o trânsito em julgado e a inexistência de custas a serem recolhidas, promova-se a baixa e o arquivamento dos autos”.

A reportagem procurou a equipe de Nego do Borel por e-mail, telefone e mensagens para repercutir o assunto, mas não obteve qualquer resposta até a publicação deste texto. Advogado do artista na ação, Gilberto Pinto Domingues não foi localizado por telefone, e-mail nem redes sociais.

A assessoria de imprensa de Duda Reis também foi procurada, mas não se posicionou sobre a história. Neste processo, a influenciadora digital aparece sem um defensor legal. Apesar disso, a advogada Izabella Borges, que representa a blogueira em outros casos, foi contatada e não respondeu.

O processo

Duda Reis e Nego do Borel ficaram juntos durante cerca de três anos. Após o fim do relacionamento, a jovem descobriu traições do cantor, que assumiu publicamente ter tido um caso com a youtuber Lisa Barcelos enquanto era comprometido.

Depois do término, a influenciadora digital também acusou o cantor de estupro, ameaça, agressão, transmissão de HPV e violência doméstica.

Em resposta, o músico registrou uma queixa por injúria, calúnia e difamação na 42ª Delegacia Policial do Rio de Janeiro e acionou a Justiça contra a ex, pedindo uma indenização de R$ 45 mil por danos morais.

A defesa do artista chegou a solicitar uma liminar para que as publicações da atriz falando sobre o caso fossem excluídas das redes sociais, além de uma proibição para a postagem de novos vídeos, fotos ou textos sobre o tema. A petição foi registrada na 4ª Vara Cível do Rio de Janeiro,

Os advogados de Nego do Borel alegam que as acusações de Duda Reis são “irresponsável e levianas”. “Em meio ao ódio, ao ressentimento e à dor, vem a tendência a difamar e rebaixar o ex-parceiro para convencer-se de que não perdeu grande coisa”, mencionava o documento.

A Justiça rejeitou o pedido feito por Nego do Borel e aplicou um sermão no artista. O Notícias da TV teve acesso à decisão de Marco Antonio Cavalcanti de Souza, juiz da 4ª Vara Cível do Rio de Janeiro, na ocasião:

Sem adentrar no mérito, entendo que, atualmente, diante de crescentes quantidades de casos de feminicídio, não se pode admitir qualquer utilização de meios jurídicos para que o suposto ofensor possa desqualificar os relatos de sua ex-companheira.

Para o juiz da 4ª Vara Cível do RJ, Duda tinha o direito de liberdade de expressão: “Dessa forma, entendo que ao deferir a tutela de urgência, em cognição sumária, estaria afrontando a garantia fundamental à liberdade expressão, sobre fatos ilegais e abusivos, que serão minuciosamente investigados pelo Juízo Criminal, em detrimento ao direito de imagem de personagem público”.

A pedido da defesa de Duda Reis, a Justiça de São Paulo concedeu uma medida protetiva para a modelo. Nego do Borel ainda está proibido de se aproximar de Duda, dos pais dela, Simone de Carvalho Reis Barreiros e Luiz Fernando Luz Barreiros, e da irmã, Amanda Reis Barreiros, pela distância mínima de 500 metros.

O ex-amigo de Anitta também não pode frequentar locais em que a atriz e seus familiares costumam ir ou estejam presentes, muito menos manter contato com Duda e seus familiares “por qualquer meio de comunicação (e-mail, mensagem de texto, telefone, carta, redes sociais e, inclusive, interposta pessoa)”.

Borel expulso de A Fazenda 13

Nego do Borel entrou em A Fazenda 13 em 2021 com o intuito de limpar sua imagem na mídia após o término turbulento com Duda Reis. Entretanto, o artista se envolveu com Dayane Mello dentro do confinamento e acabou expulso do reality da Record depois de ficar com a modelo completamente bêbada e levantar suspeitas do público de que teria a estuprado.

Alguns dias após o final do programa, a ex-peoa saiu em defesa do affair em A Fazenda e disse não ter sido abusada por Borel. A ex-Grande Fratello (Big Brother Itália) publicou um texto em seu Instagram retratando o acontecimento, mas sem diminuir a gravidade do caso.

“Gostaria de conversar com vocês sobre um assunto delicado: depois de refletir sobre os eventos ocorridos com o Nego lá na Fazenda, avaliar e reavaliar os eventos, conversar com psicólogo e pessoas do meu entorno, cheguei à conclusão de que muito embora a conduta dele não tenha sido a mais prudente possível na situação, ele não cometeu abuso sexual contra mim, não me estuprou”, escreveu a modelo em seus Stories.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s