Irmão de Rodrigo do BBB22 relata abusos sexuais sofridos pelo brother

Desde que o BBB22 teve início, Rodrigo Mussi se tornou um dos assuntos mais comentados da web ao se esforçar para que o game aconteça – o que desagradou alguns brothers, que estão se esforçando para promover o “BBB da paz e do amor”, sem brigas e mais tranquilo. 

Fora da casa, a vida particular do brother segue rendendo. Depois de ter revelado que o brother evitou se envolver com as sisters dentro da casa por já ter um amor fora de casa, outros fatos sobre a sua vida pessoal vieram à tona. 

Diogo Mussi, irmão de Rodrigo, contou detalhes da infância do brother e revelou que eles sofreram abuso de uma funcionária: “A empregada tirava a roupa e desfilava pela casa, pedia pra gente ficar olhando. A gente tinha quatro, cinco anos de idade”, disse ao Léo Dias. 

Emocionado, Diogo também contou episódios de agressão que Rodrigo sofria do pai, falou de quando a mãe o expulsou de casa, lembrou os problemas financeiros da família e de quando o pai morreu nos braços do gerente comercial, que está confinado na casa mais vigiada do Brasil. 

Os problemas familiares, de acordo com Diogo, fizeram com que o irmão se fechasse para o mundo, além de ter dificuldade de relacionamentos e, por isso, pode estar sendo taxado de paranóico dentro da casa: “Ele tem medo de rejeição. Não estou justificando, só estou explicando o contexto, tem que ter acolhimento antes de haver punição. Ele não é uma pessoa ruim”. 

Rodrigo está no paredão desta terça-feira (01) e disputa a permanência na casa com Jessilane e Natália. 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEW

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s