Esquenta BBB22: Saiba quem são os ex-BBBs mais ricos

Já são 21 edições do Big Brother Brasil (BBB) finalizadas e uma 22ª à espreita, gerando expectativa entre espectadores e usuários das redes sociais. Todos os anos, claro, a disputa é por um prêmio que, hoje, é de R$ 1,5 milhão, mas participar do programa está cercado de possibilidades ainda maiores de fazer fortuna. 

Na 21ª edição, por exemplo, Juliette Freire e Gilberto Nogueira foram os destaques no quesito “ganhar o público”, algo que seria sinônimo de acúmulo de patrimônio monetário fora do confinamento. Para ambos, a exposição resultou em contratos de propaganda, parceria direta com marcas e contratos milionários. 

Juliette, inclusive, chegou a revelar ter gasto quase todo o prêmio ganho na disputa televisiva. Porém, sem problema algum. Atualmente, a paraibana é artista, lançou disco e já teria ganho, nos primeiros três meses após a saída do reality, pasme, mais de R$ 15 milhões. 

Entretanto, claro, outros ex-participantes da casa mais vigiada do Brasil percorreram outros caminhos para somar um capital generoso. Quer saber quais? Veja na lista: 

Juliette Freire 

Impossível falar de prêmio do BBB, riqueza e sucesso sem citar o nome da paraibana/maquiadora/advogada que ganhou o afeto do público em 2021. Juliette virou quase unanimidade entre os espectadores do reality show comandado por Boninho e, talvez por consequência, conseguiu também os olhares das principais marcas com campanhas lançadas nos últimos meses. 

Após a saída da casa, segundo levantamento realizado pelo jornal Folha de S. Paulo, Juliette estaria cobrando mais de R$ 400 mil por publipost no Instagram, rede na qual acumula mais de 30 milhões de seguidores. 

Esse número, inclusive, sobe ainda mais quando se fala do acúmulo de contratos publicitários nos três meses após a saída da jovem do programa. Juliette já teria mais de R$ 15 milhões com esse trabalho, o que torna o prêmio do Big Brother Brasil apenas um “aperitivo”. 

Gilberto Nogueira 

Da mesma edição de Juliette, o pernambucano Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, também já fez fortuna graças ao programa, ainda que não tenha sequer chegado à final da atração televisiva. Em entrevista concedida à revista Forbes, Gil pontuou que também já bateu a marca de R$ 15 milhões em contratos, sendo que parte da quantia veio de propaganda para um banco. 

Economista, Gil se mudou recentemente para Califórnia, nos Estados Unidos, com o intuito de finalizar um doutorado na área. No entanto, atualmente, o ex-BBB também continua trabalhando por meio das redes sociais com marcas brasileiras. 

Gilberto, inclusive, é um dos participantes do BBB 21 que continuaram o contrato assumido com a Rede Globo, lançando até mesmo uma série especial sobre a vida dele em solo norte-americano. 

Bianca Andrade 

Bianca Andrade, a famosa Boca Rosa, já entrou no Big Brother Brasil 20 com status de famosa. Isso porque a maquiadora e digital influencer já tinha milhares de seguidores nas redes sociais e parcerias com marcas do ramo cosmético. 

Já no confinamento, a personalidade de “mulher de negócios” de Bianca ficou evidente. Ainda que fosse polêmica no jogo, a jovem fez questão de mostrar todos os produtos de maquiagem assinados por ela durante os VTs do programa. 

Sendo assim, o sucesso foi instantâneo. Os produtos esgotaram fora da casa e, segundo a própria contou à revista Forbes, itens da marca “Boca Rosa” foram os responsáveis por um faturamento de R$ 120 milhões apenas em 2020. 

Sabrina Sato 

Sabrina Sato é outro exemplo de ex-BBB que enveredou pelos caminhos midiáticos e conseguiu obter sucesso. A estimativa, divulgada ainda no início de 2021, era de que o salário da apresentadora na RecordTV fosse de cerca de R$ 900 mil por mês. 

Nas redes, assim como Juliette e Grazi Massafera, ela possui milhões de seguidores, acumulando também projetos em plataformas de streaming como o Amazon Prime Video. 

Apesar da fortuna que possui hoje em dia, Sabrina não foi a vencedora do programa. Na época, na terceira edição do reality, ela chamou atenção pelo carisma, se envolveu com o campeão da edição, mas foi eliminada na oitava semana de programa. 

Pyong Lee 

Antes mesmo de ser anunciado na 20ª edição do Big Brother Brasil, Pyong Lee já havia sido citado nas redes sociais pela popularidade no Youtube. Com números absurdos de visualizações na plataforma, não demorou para que o patrimônio financeiro do hipnólogo virasse assunto na mídia. 

Em 2020, pouco depois da entrada de Pyong na casa do programa, descobriu-se que a mansão onde vivia em São Paulo junto da esposa, a influenciadora Sammy Lee, estava avaliada em cerca de R$ 20 milhões. 

Em entrevista, concedida logo após a eliminação no reality, Pyong confessou que já se considerava rico, mas que trabalhou desde os 12 anos de idade, quando chegou até mesmo a fazer serviços como ‘office boy’. “Comecei a trabalhar ‘na rua’, em locais diferentes, aos 12 anos. Fui office boy numa imobiliária, por exemplo. É… Acho que já posso dizer que sou milionário depois desses 15 anos de trabalho”, afirmou na época. 

Adriana Sant’Anna 

Vivendo nos Estados Unidos atualmente, a ex-sister Adriana Sant’Anna manteve o relacionamento formado na casa do BBB com Rodrigão. Enquanto lá dentro muitos questionavam o amor do casal, aqui fora eles provaram que a parceria juntos rendeu frutos bastante rentáveis. 

Apenas em 2020, por exemplo, os dois acumularam uma quantia de R$ 20 milhões com venda de cursos nas redes sociais. Ao todo, segundo a própria influenciadora, eles possuem mais de 15 mil alunos que recebem conteúdos sobre estratégias de marketing digital. 

A formação, chamada de MIDAS (Método de Influência Digital Adriana Sant’Anna), também trata de assuntos como inteligência emocional e empreendedorismo. Segundo Adriana, o casal começou junto a ter equilíbrio financeiro para começar o negócio. 

Babu 

Para Babu, os contratos e exposição nas redes sociais parecem ter sido os dois ingredientes importantes para obter sucesso na carreira como ator. Não que ele já fizesse, mas chegou a contar ainda no confinamento que convivia com dívidas financeiras e ainda passava por dificuldades para cuidar da filha. 

Hoje, Babu acumula mais de 5 milhões de seguidores nas redes sociais e é assessorado por uma das maiores agências de marketing do Brasil. 

Além da carreira no cinema e na TV, Babu tem feito parcerias com bancos digitais, seguros de saúde e até mesmo cervejas. Entretanto, não chegou a divulgar quanto já conseguiu guardar de patrimônio monetário. 

Manu Gavassi 

Cantora desde a adolescência, Manu Gavassi é exemplo de que entrar para o Camarote do Big Brother Brasil pode ser uma experiência muito benéfica. Na disputa, a voz de ‘Áudio de Desculpas’ chegou ao terceiro lugar, mas saiu da casa com números impressionantes na música. 

A repercussão foi tanta que até mesmo os contratos publicitários saltaram expressivamente em quantidade e valor. No fim de 2020, por exemplo, segundo o colunista Fefito, Mau recebeu cerca de R$ 500 mil apenas para mudar a cor do cabelo. 

Além disso, logo após a saída do BBB, Manu chegou a cobrar a quantia mínima de R$ 60 mil para a realização de um publipost nas redes sociais. O sucesso, claro, também foi espelhado na música e, recentemente, a artista lançou o álbum ‘Gracinha’. 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s