Duda Reis sobre Nego do Borel em reality: “Mulheres morrem por causa desse silenciamento”

Duda Reis voltou a fazer um longo desabafo no Twitter sobre Nego do Borel, a quem acusa de agressão e abuso. Atualmente o funkeiro está participando do reality A Fazenda, da Record, e a atriz tem exigido publicamente a expulsão dele do programa. 

“Tem gente que não sustenta o personagem nem com 10 minutos de confronto ou conversa. O pior é quem compra a pose de ‘pobre coitado’, ‘excluído’, ‘injustiçado’, ‘bom moço’… me poupe! Impressionante como querem enfiar goela abaixo uma imagem de ‘vítima’ pro agressor. Machismo puro!”, começou ela. 

“É revoltante ver um cara que bate em mulher sendo enaltecido! Se em câmeras você já vê que o comportamento é agressivo, imaginem em casa e convivendo de fato. Gente, mulheres MORREM todos os dias por causa desse silenciamento. Essa emissora silencia a mulher, não é normal!!!”, completou. 

“Eu tenho todo o meu direito, assim como qualquer vítima de violência doméstica, de ficar apavorada com as pessoas que querem reverter a imagem de um agressor. Como colocam um homem com TRÊS denúncias de TRÊS mulheres rolando na justiça, na televisão?”, ainda publicou a atriz. 

“As pessoas misturam as pautas. Ninguém tá ‘chutando cachorro morto’, aquilo é um agressor! Agredir é CRIME!!! O NORMAL é você NÃO compactuar e não fingir que nada aconteceu. Aconteceu sim! Com mais de TRÊS pessoas. Vocês não têm noção dos directs e das mensagens que eu tenho recebido, de pessoas falando atrocidades. Eu não suporto mais ler, não tenho conseguido entrar no Instagram. 

“A pessoa denuncia, fica psicologicamente mal, passa por VÁRIAS perícias, extremamente revitimizada, enquanto o agressor vai pra reality mostrar que é ‘uma perda de tempo a pessoa denunciar’? Me poupe Record, eu falo MESMO!!! Não tenho UM pingo de medo peitar o que vier”, apontou. 

“Isso é um relacionamento ABUSIVO, minha filha! Você NÃO consegue sair. Se fosse fácil, o número de feminicídios não seria ENORME igual é!!! Não aguento mais nada disso. Sinto que fiz tudo em vão, não suporto ver pessoas defendendo um agressor. Minha força está literalmente acabando, sinto uma impotência e uma tristeza surreal de ver tudo isso. Uma pena… Não quero mais ter que explicar o óbvio”, lamentou. 

“Eu só queria poder ter 20 anos de fato e não ter essa carga enorme nas minhas costas todos os dias. Queria ser tratada como uma jovem NORMAL ou pelo menos não ter que me provar o tempo inteiro sendo a vítima. Eu não sei o que é ser jovem, às vezes lamento muito por isso”, continuou. 

“Depois de ter liderado mais um episódio de violência doméstica. Lembro que ele me jogou em um cabideiro e ficou desesperado com medo de eu contar para alguém. Me levou à força para a van e quando eu disse que queria ir pra casa, ele mandou pararem no meio do nada (literalmente) e me disse para descer lá. Era na estrada, não tinha nem pista de volta. Lembro que ele falava ‘ou você desce e a gente termina, ou você fica aqui e não abre a boca’. Eu não tinha como descer, não tinha como voltar, foi desesperador (como sempre)”, prosseguiu. 

“E é BIZARRO eu ouvir testemunhas que me lembram de diversas violências e eu ficar simplesmente com muita vontade de chorar, porque só confirma que nem eu, nem nenhuma pessoa que se relacionou com ele, somos loucas. É um ALÍVIO! Gente, vocês têm noção? Sempre foi assim! A equipe sempre pisou em ovos, porque todos MORREM de medo do comportamento agressivo. Ele só escutava quando falava de ‘carreira’ ou ‘boa imagem’. A Record está ajudando esse cara!”, finalizou. 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s