Assassinato de Daniella Perez vai virar série documental

O caso Daniella Perez será documentada. A HBO Max anunciou nesta terça-feira (14) que irá produzir a série documental de cinco episódios sobre o a morte da filha de Gloria Perez. A direção é de Tatiana Issa e Guto Barra, que também assina o roteiro. 

A história do assassinato que chocou o país no início dos anos 90 será contada a partir da perspectiva da autora de novelas, família e amigos, numa produção da WarnerMedia em parceria com a Producing Partners, sob a marca Max Originals. 

A atuação de Glória foi fundamental para a resolução do caso, além de ter deixado um legado ao conseguir a alteração da legislação brasileira, passando a incluir homicídio qualificado dentro dos crimes hediondos. 

Daniella era atriz e bailarina e foi assassinada em 1992, aos 22 anos, pelo ator Guilherme de Pádua, com quem contracenava na novela De Corpo e Alma, escrita por Glória. De acordo com arquivos, ele acreditava que conseguiria ter maior participação na trama se se aproximasse de Daniella, que passou a evitá-lo. Ao mesmo tempo, seu papel foi diminuído e ele acreditou estar sendo vítima de um boicote. 

Junto com a mulher, Paula Thomaz, ele planejou o crime e matou Daniella com 18 punhaladas no coração e no pescoço, num matagal da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Na época, Daniella era casada com o ator Raul Gazolla. Guilherme e Paula foram presos e condenados pelo assassinato. 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s