Globo ameaça demitir funcionários que se recusam a tomar vacina contra Covid

A Globo anunciou que irá demitir os funcionários que se recusarem a tomar a vacina contra a Covid-19. Em um comunicado enviado aos chefes de todas as áreas na tarde desta quarta-feira (1º), a diretoria informou que a imunização passa a ser obrigatória, e que os comprovantes de vacinação deverão ser apresentados no departamento de Recursos Humanos. 

“Seguindo o compromisso de contribuir para um ambiente seguro para nossas pessoas, informamos em primeira mão a você, gestor, que a vacinação contra a Covid-19 passa a ser uma condição obrigatória para todos os colaboradores trabalharem na Globo, incluindo estagiários e jovens aprendizes”, diz o comunicado, obtido pelo Notícias da TV. 

Somente entrarão no grupo de exceções os funcionários que, por orientações médicas, não podem tomar nenhum dos imunizantes disponíveis no país. “A não vacinação poderá resultar no desligamento”, continua a carta. 

A Globo é a primeira emissora brasileira a impor esta medida. Nos Estados Unidos, a gigante Netflix e a CNN também ameaçaram de demissão os rebeldes. 

Para se assegurar da veracidade dos históricos de imunizações de seus funcionários, a Globo criou um canal de comunicação interno para que todos enviem os comprovantes de vacinação. 

“Todos devem enviar o comprovante de qualquer dose recebida (seja apenas da primeira, das duas doses ou da dose única) até o dia 10/9”, segue o comunicado, indicando o e-mail para onde os funcionários deverão anexar seus documentos. 

Leia a mensagem na íntegra: 

“Em mais de um ano de pandemia, temos aprendido a cada dia sobre formas de prevenção e combate à Covid-19. E este é um aprendizado contínuo. A partir dele, podemos dizer que a aplicação das vacinas é uma estratégia eficaz contra a disseminação do vírus e uma forte aliada para proteção de todos. 

Seguindo o compromisso de contribuir para um ambiente seguro para nossas pessoas, informamos em primeira mão a você, gestor, que a vacinação contra a Covid-19 passa a ser uma condição obrigatória para todos os colaboradores trabalharem na Globo, incluindo estagiários e jovens aprendizes. Com exceção daqueles que não podem ser vacinados por motivos médicos, a não vacinação poderá resultar no desligamento. 

A obrigatoriedade da vacina está em linha com a prática de diversas empresas no mercado atualmente, uma vez que a decisão por não se vacinar impacta o coletivo e coloca em risco a saúde dos outros colaboradores. 

As lideranças passarão a receber um relatório de Recursos Humanos com o status dos comprovantes de vacinação dos profissionais do seu time. É muito importante que você acompanhe e incentive sua equipe a enviar os comprovantes. Se houver recusas, o gestor deverá conversar com o seu parceiro de Recursos Humanos para sensibilização do colaborador sobre o tema, condução e tratativas destes casos.” 

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s