Síndico processa Claudia Leitte e cantora parcela dívida

O síndico de um edifício comercial localizado no bairro Caminho das Árvores, em Salvador, moveu uma ação de execução contra a cantora Claudia Leitte. O objetivo era receber um crédito de R$ 33.695,56, referentes às taxas de condomínio devidas pela artista.

De acordo com os documentos do processo, a jurada do ‘The Voice +’ seria responsável por quatro salas no edifício comercial, onde a taxa mensal de condomínio gira em torno de R$ 500. Os valores são referentes aos meses de janeiro de 2020 a fevereiro de 2021 – débitos das quatro salas. Consta na ação que o valor em aberto é de R$ 33.695,56.

No dia 23 de julho, a Justiça da Bahia aceitou um pedido das partes, de celebração de acordo para parcelamento do débito e retirar o apontamento da ação de execução em nome da artista que, segundo seu advogado, já estaria causando prejuízos a Leitte, visto que a cantora estaria enfrentando dificuldades para obter crédito junto às instituições financeiras.

A cantora antecipou R$ 5 mil, e pagará 16 parcelas que vão de R$ 2,2 mil até R$ 3,936 a depender do mês. A última parcela vence somente no dia 20 de setembro de 2022 – esta última no valor de R$ 2.033,32. Com o parcelamento, o valor da dívida passou a ser R$ 53.921,91, incluindo honorários advocatícios. A sentença que homologou a transação é assinada pelo juiz Carlos C. R. de Cerqueira Jr., da 6ª Vara Cível de Salvador, na Bahia.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s