Últimas duas semanas tiveram mais casos do que o primeiro semestre da pandemia, alerta OMS

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou em entrevista que, nas últimas duas semanas, o mundo teve mais casos novos de Covid-19 do que no primeiro semestre da pandemia.

O diretor disse que mais da metade dos diagnósticos foi feito no Brasil e na Índia e comentou a situação: “Há muitos países além desses dois em situação muito frágil. O que está acontecendo lá pode se repetir em qualquer lugar, caso as precauções não sejam tomadas. As vacinas são parte da resposta, mas não a única”, alertou.

Tedros aproveitou a coletiva de imprensa para agradecer a Suécia, Nova Zelândia, França e Noruega por terem doado doses da vacina Oxford/AstraZeneca para a ferramenta da OMS que tem o objetivo enviar imunizantes a países de baixa renda.“Pedimos que todos os países que puderem doar, doem“, afirmou.

A entidade ainda espera a doação de 60 milhões de doses pelos Estados Unidos. A Índia, por exemplo, não possui doses suficientes para o reforço da vacina. A OMS trabalha para garantir que o país consiga imunizar a sua população, assim aliviando o sistema de saúde.

A imunologista responsável pelo combate à infecção pandêmica, Maria Van Kerkhove, lembrou que, mesmo nos países em que a transmissão está baixa, é necessário continuar com as medidas de prevenção. “Não dê oportunidade para a transmissão subir novamente, essa pandemia está longe de acabar”, pediu.

Não se esqueça de curtir nossa página no Facebook para mais notícias do BAC NEWS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s